CNS FEHOSPAR

Presidente do Sindicato do Vale do Ivaí homenageado na Alep

26/03/2019 15:15:57

A Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) homenageou, no início da noite de segunda-feira (25), o dirigente hospitalar Umberto Tolari com o título de Cidadão Benemérito do Paraná, em reconhecimento aos serviços filantrópicos prestados à população mais carente. Proposta do deputado Tiago Amaral (PSB), uma sessão solene realizada no Plenário da Casa reuniu autoridades, familiares e amigos do profissional, considerado um dos mais notórios na área da Saúde do Norte paranaense.

“É incomum encontrar quem se disponha a dedicar sua vida a projetos filantrópicos. É muito desafiador. Quando se encontram estas pessoas, em um país cheio de burocracias, precisamos agradecer e reconhecer. A homenagem a Umberto Tolari é algo que fazemos por nós, por todo Paraná, para estimular mais pessoas a realizarem o que ele já realizou”, destacou o deputado Tiago Amaral.

Para Umberto Tolari, a homenagem é a coroação de uma carreira de dedicação e amor ao próximo. “Tenho uma família que me ensinou a partilhar, o que me levou à filantropia. Quando jovem, participei de grupos na igreja, com campanhas e ações que me fizeram crescer em humanização. Esse trabalho é muito importante, me sinto muito grato, com alegria incalculável”, afirmou.

De acordo com o deputado Hussein Bakri (PSD), líder do Governo na Alep, a homenagem simboliza o agradecimento do Paraná todo, representando pela Assembleia Legislativa. “É o ‘muito obrigado’ de toda a sociedade, que vai ficar registrado nos anais desta Casa de Leis. Este título ficará marcado na história do nosso estado”, afirmou.

Fizeram parte da Mesa de Honra ainda: o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre da Silva; a prefeita de Florida, Marcia Dall’ago; o prefeito de Sertanópolis, Tide Balzanelo; e o presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Paraná (Fehospar), Renato Merolli.

 

Filantropia

Nascido em 1954, no município de Rolândia, na região Norte, e formado em Odontologia pela Universidade de Londrina (UEL), Umberto Tolari dedicou sua carreira ao atendimento das populações mais carentes e ações de prevenção ao câncer com ênfase em pacientes com necessidades especiais. É presidente da Associação Norte Paranaense de Combate ao Câncer, entidade sem fins lucrativos, formada por profissionais da área de saúde. Uma de suas marcas são os projetos educativos com a comunidade pela prevenção de patologias oncológicas.

Umberto Tolari preside ainda o Hospital Norte Paranaense de Combate ao Câncer (Honpar), instituição filantrópica que atende, em sua maioria, pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS). São cerca de 20 mil atendimentos mensais, sendo 1.500 internamentos. Durante a gestão de Tolari, os atendimentos aumentaram 20%. Funcionando em Arapongas, o hospital possui habilitação junto ao Ministério da Saúde para os serviços de alta complexidade, como cardiologia, cirurgia vascular, ortopedia e cardiologia intervencionista, entre outros. O homenageado também é presidente do Sindicato dos Hospitais e Estabeleci mentos de Serviços de Saúde do Vale do Ivaí (Sindvale), com sede em Apucarana.

“Outros hospitais vão se desfilando do SUS e a população carente fica à margem de um atendimento do Estado, que é um tanto deficitário. Complementamos este atendimento com apoio dos governos federal e estadual, gozamos de confiabilidade, com transparência em nossas contas e auditorias. Por isso conseguimos doações que visam atender sempre o melhor possível às pessoas que mais precisam”, explicou Umberto Tolari.

Com a ampliação de 20 leitos de UTI, o Honpar é reconhecido como Hospital Referência Estadual pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA), além de ser referência nacional pela Central Nacional de Alta Complexidade (CNRAC). Possui centro cirúrgico com 12 salas e realiza 1350 cirurgias por mês, das quais 50% são de grande porte. O hospital ainda dispõe de serviço de hemodinâmica, diagnostico em radiologia, medicina nuclear, oncologia, litotripsia e análises clínicas. Seu corpo clínico é composto por 150 médicos de 35 especialidades, assistindo a uma população de aproximadamente 1,7 milhões de pessoas.

De acordo com o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre da Silva, “muita coisa aconteceu na região depois da chegada do hospital, ele salva vidas e atende a todos que o procuram. Esta função, de ajudar quem a procura, mostra exemplo de como a saúde deve ser feita. Frente a esta instituição, o doutor Umberto Tolari, um excelente gestor público da Saúde”, afirmou.

Fonte: Alep

Voltar
hidea.com e-mail