CNS FEHOSPAR

Consu determina que ANS dê maior transparência a reajustes

13/09/2021 17:38:59

Uma resolução do Conselho de Saúde Suplementar (Consu) determina que a Agência Nacional de Saúde (ANS) adote medidas para aumentar a transparência sobre os reajustes anuais dos planos de saúde aplicados pelas operadoras, informou reportagem do jornal O Globo.

A Resolução CONSU n.º 1, de 2 de setembro, dispõe sobre a Política Nacional de Saúde Suplementar para o enfrentamento da Covid-19 e estabelece um prazo de 60 dias para o órgão regulador adotar as medidas.

Segundo reportagem, a determinação do conselho — o órgão deliberativo do Ministério da Saúde destinado a atuar na definição de políticas públicas e diretrizes gerais do setor de saúde suplementar — foi publicada após reclamações feitas pelo Procon-SP ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A entidade defende que, atualmente, são desconhecidos os critérios técnicos que motivam operadoras a fazerem reajustes superiores a 200% nos planos coletivos, e acredita que a exigência de transparência resultará em redução nos valores das mensalidades.

Os planos de saúde coletivos sofreram reajustes em percentuais elevados e muito superiores aos índices aplicados a planos individuais sem que houvesse justificativa técnica para se chegar a esses percentuais, diz a reportagem.

Leia na íntegra no site de O Globo.

Voltar
hidea.com e-mail